Oficinas de Educação Ambiental no espaço “Peixes de Água Doce” no Aquário da Bacia do Rio São Francisco

Após inauguração do espaço “Peixes de Água Doce”, no Aquário da Bacia do Rio São Francisco em Belo Horizonte, estão acontecendo oficinas de Educação Ambiental com escolas da região metropolitana, onde são trabalhados conceitos importantes para a conservação do rio e dos peixes dessa bacia.

1

As oficinas acontecem regularmente com os alunos da “Escola Integrada”, uma política municipal que visa ampliar o aprendizado de crianças e adolescentes do Ensino Fundamental, adicionalmente a carga horária da sala de aula. Essa parceria entre o Projeto Peixes de Água Doce e a Fundação Zoobotânica de Belo Horizonte reforça o propósito de disseminar o conhecimento produzido pelo projeto sobre os peixes da Bacia do São Francisco.

2

Nas oficinas ministradas por instrutores do Aquário, capacitados pela equipe de Educação Ambiental do projeto, é repassado aos alunos participantes, através da exibição de capítulos do documentário “Peixes do Velho Chico”, o conhecimento sobre os ambientes aquáticos, os mergulhos, o comportamento das espécies de peixes estudadas, e também sobre os personagens, ribeirinhos e pescadores, que relataram, de forma simples, rica e curiosa, sua relação estreita com o Rio São Francisco.

3

Após a exibição do documentário, os alunos visitam o aquário temático e participam de atividades lúdicas e artísticas no espaço, que visam enfatizar os conceitos de ecologia voltados para a conservação da bacia.

SONY DSC

Além das oficinas com os alunos da “Escola Integrada”, o espaço está sendo utilizado para a realização de oficinas com alunos de outras escolas que visitam o Aquário periodicamente. Além da rede escolar, visitantes do Aquário podem conhecer um pouco do Projeto Peixes de Água Doce através dos banners expostos e da exposição fotográfica permanente que existe no espaço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *